Sobre

2013-04-19 13.28.24

Jorge Luis Borges afirmava que para entender um único livro era preciso ter lido mil livros. Ele queria dizer que um bom livro exige do leitor uma certa cultura geral que o permita compreender as camadas de significado que compõe uma obra. 

Um leitor só começarar a compreender e apreciar uma obra como os Irmãos Karamazov quanto tiver adquirido cultura suficiente sobre o problema da existência do mal no mundo e sua compatibilidade com a idéia de um criador perfeito. Só então poderá penetrar na profundidade e beleza do capítulo do Grande Inquisitor pois compreenderá que se trata de uma rica meditacão sobre o livre arbítrio. Caso não tenha esta cultura, fará como eu, passará as páginas com impaciência por estar diante de um texto difícil e aparentemente insignificante para enteder a narrativa.

Esta falta de cultura não impede que apreciemos uma obra de criação humana, mas nos limita na capacidade de entendê-la inteiramente e desfrutar de toda sua beleza.

Já aviso o possível leitor deste espaço. Pouco encontrará sobre best selles e lançamentos. O tipo de literatura e cinema que me é objeto deste site é justamente os que apresentam esta profundidade e referência a todo este universo cultural que nos cerca e que nada mais é que a expressão da criação humana ao longo dos séculos. O que terá aqui são visões imperfeitas de um principiante que apenas recentemente começou a prestar atenção nestas questões e estudá-las.A quem então se destina este espaço? A quem esteja começando, como eu, a seguir esta estrada em busca de conhecimento para melhor entender a nossa realidade. É um espaço para dividir percepções, refletir e auxiliar quem precisa pois se é verdade que se precisam ler mil livros para entender apenas um, é igualmente verdade que só se lê mil livros depois de ler 999, mesmo que a compreensão de cada um deles seja imperfeita e limitada. Criei este espaço para dividir o que já li e vi, do que julgo ter entendido e principalmente o que não consegui entender, para quem desejar seguir o mesmo caminho.

Por fim, quem desejar contribuir e mandar resenhas e comentários não se acanhe. Mande seu texto que iremos conversar e se estiver de acordo com estas premissas, será publicado e iniciaremos um diálogo.

Bom proveito a todos e sejam bem vindos!


u© MARCOS JUNIOR 2013