Moacyr Scliar

A História dos Judeus, dispersão e coesão

0


A história do povo judeu está intimamente ligado a dois fenômenos normalmente opostos, a dispersão e coesão. Que uma sociedade seja capaz de se dispersar não causa surpresas, mas que depois de séculos ainda consiga manter certa coesão cultural, isso sim chama atenção. Ainda mais quando a intolerância e perseguição chegaram a níveis pouco vistos na história da humanidade.

Contar essa história, tão rica, geraria volumes. Moacyr Scliar, filho de imigrantes judeus russos, entretanto, conseguiu algo de notável, conseguiu captar na essência essa narrativa em um livro extremamente curto, A História dos Judeus, dispersão e coesão.

Com muito talento, Scliar transita pelos pontos principais da história judaica e consegue passar para o leitor os grandes marcos dessa civilização, a descoberta do Deus único, a relação muitas vezes conflituosa com esse mesmo Deus, a crença na vinda do Messias e no juízo final. Principalmente, a idéia da aliança. Ser o povo escolhido por Deus está na raiz da coesão judaica no mundo.

Não que o judaísmo seja homogênio, não o é. Scliar mostra várias correntes e concepções com que os judeus foram se dividindo no mundo, desde a estranha aliança com o comunismo até um certo secularismo contemporâneo, o que reforça a importância dessas bases históricas para o povo judeu. Se o nível de comprometimento com as leis da Torá podem ser questionadas, a aliança é a certeza que une cada judeu com a origem e a terra sagrada.

Scliar escreveu ume excelente livro de introdução à história do judaismo e deixou um exemplo de como uma narrativa pode ser contada com concisão, clareza e talento. Uma lição preciosa para muito estudioso que faz do volume o seu principal cartão de visita. Mais do que quantidade de informações, o que importa é a relevância. Uma verdadeira aula de um mestre que recentemente nos deixou. 


Abril, 2011


u© MARCOS JUNIOR 2013