Zygmunt Bauman

Bauman sobre Bauman

Sempre me senti curioso sobre os livros de Bauman, especialmente pelos títulos. Um dos meus assuntos de interesse é essa pós-modernidade ou como ele chama, modernidade líquida. Como nunca me deparei com nenhuma referência sobre ele, acabava sempre deixando de lado. Normalmente os autores importantes acabam aparecendo em artigos, notícias, resenhas, etc.

Foi quando me deparei com um pequeno livro em que o próprio autor expõe suas idéias em um diálogo com Keith Tester, que não sei quem é. Enfim, encarei o livro como uma introdução à vida do sujeito.

Logo nas primeiras páginas a constatação da influência de Gramsci; sinal vermelho. Menos mal que ao invés da visão revolucionária do comunista italiano, uma visão de usar Gramsci para humanizar o comunismo, se é que isso é possível. Bauman coloca o socialismo de Stalin como um desvio, o tal do socialismo real. Refuta portanto a hipótese que o socialismo soviético tenha sido justamente a realização do ideário marxista.

A despeito disso, muitas das colocações de Bauman são procedentes e ele acaba por refutar alguns dogmas socialistas. O indivíduo, com seu livre arbítrio é respeitado e o traço constitutivo de sua exitência e sua caracterização como um ser moral. Antes de ser naturalmente bom, como sugeriu Rousseau, ou mal, de acordo com Hobbes, é um ser moral, isto é, capaz de fazer suas escolhas e saber julgá-las.

Bauman também comete o erro de analisar o capitalismo como um sistema, responsável por isto ou aquilo. Essa é uma das influências do marxismo de sua formação. O capitalismo em si próprio não existe, é apenas a manifestação da liberdade humana de comprar e vender. Como tudo que o homem faz, expressa suas virtudes e suas imperfeções.

A despeito de tudo, achei muita coisa interessante no pensamento de Bauman e talvez possa valer a pena aprofundar um pouquinho e ler um dos seus livros. Pelo menos um socialista que não fica repetindo dogmas e procura pensar fora da caixa. Já é algo admirável.


Julho, 2013


u© MARCOS JUNIOR 2013